19 de abril de 2024
AgroDestaques

Produtores de Bernardino são orientados sobre prevenção à raiva em bovinos

A equipe de controle de raiva em herbívoros, especialmente em bovinos, da Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo, estive entre os dias 04 e 08 de março no município de Bernardino de Campos capturando morcegos hematófagos, revisando e monitorando novos abrigos, além de repassar orientações aos produtores rurais.
A raiva em herbívoros é uma doença infecciosa, altamente contagiosa e fatal caracterizada por manifestação de natureza nervosa. A fonte de infecção se da principalmente por morcegos hematófagos.
As ações de saneamento de focos de raiva dos bovinos consiste na colheita de material do sistema nervoso para diagnostico da raiva, identificação e cadastro de abrigos dos morcegos hematófagos para controle populacional.
A forma mais frequente em bovino é a paralitica. Os sintomas iniciais são: isolamento do animal, tristeza e hiperexcitabilidade. A seguir surgem sintomas como engasgo, hipersalivação, tremores musculares, paralisia dos membros posteriores, os animais caem e apresentam movimentos de pedalagem; a morte ocorre entre 3 e 5 dias do inicio dos sintomas. A melhor forma de prevenção é vacinação do rebanho com a segunda dose reforço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *