21 de fevereiro de 2024
AgroDestaques

La Niña no segundo semestre pode afetar produção de soja e milho

O padrão climático La Niña pode surgir no segundo semestre de 2024. O fenômeno é caracterizado por temperaturas excepcionalmente frias no Oceano Pacífico equatorial e está associado a enchentes e secas. Tipicamente causa mais chuva na Austrália, no sudeste asiático e na Índia, além de tempo seco nas regiões produtoras de grãos e oleaginosas na América.




O La Niña provavelmente afetará a produção de trigo e milho nos EUA, e de soja e milho na América Latina, incluindo o Brasil

O El Niño trouxe chuvas para o Rio Grande do Sul e a Argentina, favorecendo as safras de soja e milho. Já o último La Niña resultou em quebra de colheita para as lavouras gaúchas e no país vizinho.

Com informações do Visão Agro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *