20 de abril de 2024
AgroDestaques

Embrapa abre inscrições para o curso on-line de Ética e Experimentação Animal

Estão abertas as inscrições para o curso on-line de Ética e Experimentação Animal, promovido pela Embrapa, na plataforma e-Campo. O curso tem como objetivo capacitar pessoas que executam atividades de ensino e pesquisa sobre diretrizes e princípios que regem procedimentos para o uso de animais em experimentos científicos, visando garantir o bem-estar animal. A capacitação é gratuita e aberta a profissionais e estudantes com interesse no tema. As inscrições podem ser feitas clicando aqui.

A capacitação atende a requisitos da legislação brasileira sobre uso de animais em experimentos e às diretrizes do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA), sendo uma exigência prevista na Normativa nº 49/2021 do Conselho para pessoas que lidam com animais em atividades de ensino e pesquisa. Como público-alvo estão pesquisadores, laboratoristas, professores, estudantes e trabalhadores de campos experimentais, biotérios e instalações para animais.

Os participantes terão acesso a conteúdos sobre o histórico do uso de animais para fins de ensino e pesquisa científica; fundamentos básicos de Ética no uso experimental de animais; legislação nacional sobre uso de animais em ensino e pesquisa científica; noções básicas de amostra e delineamento em experimentos. “Os módulos têm vídeo-aulas e conteúdos disponíveis para os participantes, permitindo uma linguagem interativa e em formatos diversos. Este curso tem um potencial de facilitar acesso a conhecimentos sobre ética em experimentação animal: ainda existem poucos cursos, no Brasil, sobre este assunto”, destaca Éden Fernandes, analista da Embrapa Caprinos e Ovinos e coordenador da capacitação.

De acordo com a pesquisadora Alice Andrioli, coordenadora da Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA) da Embrapa Caprinos e Ovinos e uma das conteudistas do curso, é fundamental que profissionais e estudantes de instituições de ensino e pesquisa busquem a capacitação nesta temática, uma vez que, com Normativa nº 49/2021 em vigor, as CEUA´s das instituições poderão não aprovar projetos de pesquisa em que verifiquem que alguns integrantes da equipe não possuem capacitação necessária para lidar com animais em experimentos. Atualmente, 996 instituições públicas e privadas que executam atividades em ensino e pesquisa com animais são credenciadas junto ao CONCEA.

A pesquisadora reforça que os avanços na legislação brasileira têm consolidado diretrizes éticas para os experimentos com animais na pesquisa científica. “Não é mais questionável o fato de que animais mereçam um tratamento de acordo com normativas éticas, não se pode admitir que, em atividades de pesquisa, sejam tratados de forma cruel”, ressalta ela. 

Além de Alice Andrioli, o curso tem participação de especialistas de outras três unidades da Embrapa: Urbano Abreu e Igor Peres, da Embrapa Pantanal; Willyam Porto, da Embrapa Roraima; Danielle Azevêdo, da Embrapa Meio-Norte. Para mais informações: cnpc.cursos@embrapa.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *