21 de fevereiro de 2024
Política

Zarantonelli aponta omissão do município pela falta de repasses à Santa Casa: “já tinha avisado”

João Zarantonelli, ex-interventor da Santa Casa, destituído do cargo na tarde de terça-feira (12),  por suposto atraso nos pagamentos à clínica S.D.I (Serviço Diagnóstico Imagem), revelou ao IBTVNews que já havia comunicado a prefeitura sobre a demora da Secretaria de Finanças do Município em executar os pagamentos dos exames de imagens. Ele diz que soube “pela imprensa” que havia sido retirado da função de interventor e que, por isso, decidiu pedir exoneração do cargo de presidente da Codesan.

“Não vou aceitar que joguem minha reputação no lixo. Não tenho de culpa de nada”, diz.

Tudo começou quando o vereador Juninho Souza gravou vídeo na tarde de terça-feira (12) em frente ao S.D.I afirmando que havia diversas reclamações da população sobre a liberação e cancelamento de exames de imagens. Segundo o vereador, o real problema seria uma dívida de mais de R$ 1 milhão da Prefeitura com a clínica. O fato foi desmentido pelo município logo após uma reunião no gabinete do prefeito com a direção da clínica. No encontro ficou acordado que a agenda de exames voltaria ao normal a partir desta quarta-feira (13).

Para Zarantonelli, o prefeito Diego Singolani “caiu na pressão” de Juninho. Ele revelou ainda que a Secretaria de Finanças da Prefeitura, responsável pelo repasse do montante à Santa Casa, não cumpriu o compromisso em dia.

“Eu estou avisando há semanas que preciso das eletivas (R$ 900 mil) e dos R$ 400 mil de emenda parlamentar para material médico. Na minha concepção, a Secretaria de Finanças segurou o recurso para outro tipo de despesas”, informa Zarantonelli. “Se tivesse repassado antes, eu já tinha feito o pagamento para a S.D.I. Ninguém entrou em contato comigo. Fiquei sabendo pela imprensa (da saída da função). Não foi certo comigo. Não tenho culpa nenhuma.”

Segundo informou ao IBTVNews, após saber “pela imprensa”, que não era mais o interventor da Santa Casa, Zarantonelli  decidiu pedir exoneração do cargo de presidente da Codesan. “Não vou manchar minha reputação por algo que não tenho culpa”, disse.

Para assumir como interventora da Santa Casa, Rosangela Alvin, que trabalha há anos no hospital é a mais cotada. Zarantonelli é concursado e deve retornar a seu cargo de origem como auditor fiscal.

Em nota, no início da noite desta terça-feira (12), a Prefeitura de Santa Cruz confirmou que, em reunião entre o Prefeito Diego Singolani e a direção da clínica SDI ficou acordado “a imediata liberação de exames à população.”

“Quanto à questão financeira, o departamento de finanças da Santa Casa de Misericórdia seguirá em negociação com a empresa SDI, tendo em vista que a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Rio Pardo não está em débito com o repasse municipal”, manifestou o município no trecho final da nota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *