15 de abril de 2024
DestaqueGeral

Projeto Cardume da Rio Pardo Vivo está entre os três melhores do Brasil

O projeto Cardume da Ong Rio Pardo Vivo está na final do prêmio “ANA”. E disputa a premiação com mais três projetos. O evento será realizado em Brasília no dia 06 de dezembro.

Está é a primeira vez que a Ong Rio Pardo Vivo se inscreve no prêmio, e foi selecionada entre 618 projetos espalhados pelo Brasil, ocupando hoje os três melhores projetos do Brasil. Luiz Carlos Cavalchuki, um dos idealizadores do projeto participou do Jornal da Band desta quinta-feira (09), e falou sobre a importância de levar o nome de Santa Cruz do Rio Pardo-SP até Brasília com este projeto.

Luiz Carlos Cavalchuki durante entrevista no jornal da Band Fm, falando sobre o prêmio “ANA”

Em sua 8ª edição, o Prêmio ANA conta com iniciativas finalistas de todas as regiões brasileiras. Os(as) três finalistas de cada uma das dez categorias seguem na disputa pelo Troféu Prêmio ANA 2023 e poderão usar o selo de finalistas da premiação em seus materiais de divulgação. Já o Selo Prêmio ANA: Vencedor será exclusivo dos trabalhos ganhadores, que serão anunciados na cerimônia de entrega do troféu, em 6 de dezembro. O Prêmio ANA é uma das mais tradicionais premiações voltadas aos recursos hídricos no Brasil.

Foram 618 inscrições de todos os estados e do Distrito Federal avaliadas pela Comissão Julgadora. Os critérios de avaliação dos trabalhos levaram em consideração os seguintes aspectos: efetividade, inovação, impactos social e ambiental, potencial de difusão, sustentabilidade, adesão social e aderência aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). Para as categorias de Comunicação, o critério de sustentabilidade não será aplicável.

Confira a lista de finalistas (dispostos em ordem alfabética em cada uma das categorias):

Organizações Civis:

Campanha Abrace o Semiárido (Centro de Educação Popular e Formação Social – CEPFS);
Captação de Água da Chuva para Produção de Alimentos Saudáveis (Centro de Educação Popular e Formação Social – CEPFS);
Projeto Cardume – Repovoamento do Rio Pardo e seus Afluentes (Associação Rio Pardo Vivo).

O Prêmio ANA

A premiação tem o objetivo de reconhecer o mérito de iniciativas que se destaquem pela excelência de sua contribuição para a promoção da segurança hídrica, da gestão e do uso sustentável dos recursos hídricos, e para soluções voltadas à melhoria e ampliação dos serviços públicos de saneamento básico, visando ao desenvolvimento sustentável do Brasil.

Realizado há 17 anos pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), o Prêmio ANA é a mais tradicional premiação do setor de águas do Brasil e já contabilizou mais de 2,9 mil trabalhos inscritos e premiou 48 projetos, de todas as regiões do Brasil, que se destacaram pela sua contribuição ao desenvolvimento do País a partir de boas práticas no cuidado de suas águas.

Assessoria Especial de Comunicação Social (ASCOM)
Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *