18 de abril de 2024
DestaquePolítica

Juninho crava em plenário a exoneração de diretor da Codesan; “palavra do prefeito”

O vereador Juninho Souza anunciou na noite desta segunda-feira (27) em plenário, durante sessão da Câmara, que o diretor administrativo da Codesan João Marcelo Santos será exonerado da autarquia. Ambos, na sessão do dia 13 de novembro, se estranharam na casa legislativa. Na ocasião, após ter seu nome mencionado em discurso de Juninho, o diretor enviou mensagens de texto chamando o vereador de analfabeto. “Lava a sua boca suja antes de citar meu nome”, dizia uma das mensagens de João Marcelo. Não contente, Marcelo foi pessoalmente ao plenário e, com as mãos, teria feito gestos de roubo direcionados a Juninho.

Na pauta de desta segunda (27) constava um requerimento (número 159) pedindo investigação sobre ocorrido na última sessão. O documento que pedia abertura de sindicância para apurar os fatos da quebra de decoro foi retirado de votação após Juninho anunciar a exoneração de Marcelo. 

“Hoje a gente teve uma reunião, o senhor (se dirigindo ao presidente da Câmara Lourival Heitor) também estava presente nessa reunião. O prefeito afirmou que vai exonerar o funcionário João Marcelo da Codesan. Acredito na palavra do prefeito, por mais que eu não acredite em político, mas acredito na palavra do prefeito, que ele vai exonerar o servidor que, de forma abusiva, com falta de respeito com essa casa, gesticula com a mão dizendo que o vereador estava roubando (…) diz que o vereador é analfabeto e atinge a mim e a todos que não tiveram condições de fazer uma faculdade como ele fez”, declarou Juninho antes de retirar da pauta a abertura de sindicância contra Marcelo.

VEJA AQUI COMO FOI A SESSÃO EM QUE JOÃO MARCELO OFENDE JUNINHO

Leia também:
* “Apaniguados”, “saco sem fundo”, diz Juninho em referência à Codesan em sessão polêmica
* Diego convoca reunião com secretariado após bate boca na Câmara

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *